Mais de 1,9 mil veículos foram roubados na Paraíba; sistema pode ajudar na localização

Jairo da Silva é motorista há quase 30 anos e há dois conseguiu realizar um dos maiores sonhos: comprar um caminhão caçamba novo. A felicidade da conquista não durou muito, pois o trabalhador teve o veículo roubado em João Pessoa.

O prejuízo causou muita aflição ao motorista, que depende da caçamba para poder garantir o sustento da família e ainda não concluiu o pagamento parcelado. Segundo a Delegacia de Roubos e Furtos da Capital, mais de 1,9 mil veículos foram furtados ou roubados na Paraíba.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, hoje já existe um sistema que pode ajudar a localizar veículos roubados nas estradas federais. Os interessados necessitam preencher uma ficha online com dados que possam ajudar a localização do veículo; os dados são repassados para postos da PRF em todo o Brasil, que terão acesso e poderão ajudar na recuperação.
Publicado por: Wilker Muniz
Em 25 de janeiro de 2015
Tag :

Alunos do Ensino médio da rede pública da Paraíba vão receber livros digitais a partir deste ano

As escolas das redes estadual, municipal e federal recebem, desde outubro de 2014 até fevereiro de 2015, os livros didáticos. A novidade para este ano é que os alunos do ensino médio também terão acesso ao livro digital. Cada um vai receber uma senha para conectar-se a conteúdos interativos pela internet que contemplam todas as disciplinas. A versão digital deve vir acompanhada do livro impresso, ter o mesmo conteúdo e incluir conteúdos educacionais digitais como vídeos, animações, simuladores, imagens e jogos para auxiliar na aprendizagem.

De acordo com o secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade, atualmente já são distribuídos mais de dois milhões de livros de papel, com os alunos da rede estadual e, a partir de agora, o atendimento vai avançar, no sentido de atender aos estudantes com o uso das novas tecnologias, permitindo maior acessibilidade a partir da utilização do livro digital.

Alunos de todas as séries, incluindo da Educação de Jovens e Adultos (EJA), receberão aproximadamente 2,3 milhões de livros, sendo 13 volumes para cada estudante do ensino médio, dois para o 1º ano, cinco para o 2º ano e seis para as outras séries (3º ao 9º ano do ensino fundamental).

Os livros são enviados pelo Ministério da Educação, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD/FNDE), beneficiando 5.230 escolas na Paraíba. A Secretaria de Estado da Educação (SEE) monitora o programa, no sentido de assegurar a distribuição pelas escolas e manutenção de reserva técnica para atender a eventuais faltas de livros para as unidades de ensino e turmas que ainda não constam no Censo Escolar.

Todos os livros, antes de serem entregues, passam por uma criteriosa avaliação técnica e pedagógica, feita por uma comissão formada por professores de várias universidades, para que não haja conceitos errados ou posicionamentos tendenciosos em relação à religião, estereótipos e outros temas polêmicos. Os livros são distribuídos pelos Correios e vão diretamente para as escolas.

Com Secom-PB
Publicado por: Wilker Muniz

Morte mostra perigo de usar celular ligado à tomada

A morte de uma menina de 11 anos após sofrer uma parada cardiorrespiratória, na última segunda-feira (19), no Distrito Federal, em decorrência de choque elétrico enquanto utilizava o celular com o aparelho ligado à tomada chamou atenção para os risco da prática. A garota, que não teve o nome divulgado, foi atendida no Hospital Regional de Ceilândia por três pediatras, um cirurgião e uma clínica médica, segundo a Secretaria de Saúde. Ela foi submetida a reanimação cardiopulmonar durante uma hora e dez minutos, mas não sobreviveu.

A família informou aos médicos que a menina levou um choque enquanto jogava em um aparelho celular ligado à tomada. Segundo a capitã Juliana Leal, do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, a situação se agravou porque houve sobrecarga de energia. “O chão estava molhado e eles botaram um ventilador e um celular na mesma tomada e a menina tomou um choque fatal”, disse.

“As pessoas devem ter cuidado quando forem arrumar a casa para não deixar que a fiação entre em contato com a água. É importante também ter cuidado com as tomadas e não deixar sobrecarregar. Quando o carregador está estragado ou há problema de instalação elétrica, potencializa o risco de choque”, afirma Juliana.

Segundo a engenheira elétrica Marylene Roma, professora do Instituto Federal de Brasília, o risco de usar o celular ligado à tomada aumenta quando a instalação elétrica da casa está deteriorada. “Usar uma extensão, que a gente coloca quatro, cinco equipamentos, é muito perigoso, pois sobrecarrega a tomada. Às vezes, colocamos até dez vezes mais carga que o suportado por uma tomada”, disse.

“O equipamento que a criança estava usando, nesse caso, era um celular, mas ela podia estar com um vídeo game e ter acontecido a mesma coisa”, avalia Marylene. A professora recomenda que a instalação elétrica da casa seja revisada regularmente por um profissional especializado. “Não se deve atender o celular na tomada, nem puxar o cabo do aparelho enquanto carrega ou usar baterias e carregadores que não sejam originais”, acrescenta Marylene.

A professora também orienta carregar a bateria de celulares longe de locais inflamáveis, evitar ligar aparelhos nas tomadas do banheiro enquanto o chuveiro estiver ligado, pois a umidade aumenta os riscos de acidente. “A recomendação é colocar em lugares que, se acontecer curto-circuito e incêndio, não prolifere fogo pela casa inteira. Colocar longe de cadeiras, mesas, camas - o que a gente faz regularmente. Mas é melhor colocar no chão e bem longe de um local inflamável”, completa.

Se mesmo após tomar todos os cuidados necessários uma pessoa levar choque, a primeira recomendação do Corpo de Bombeiros é desligar a rede elétrica e desprender a vítima da fonte de energia com um objeto isolante, como um cabo de madeira. Em seguida, verificar se a vítima está respondendo.

Se responder, deve ser encaminhada imediatamente para o hospital. Se não, além de chamar socorro, deve-se iniciar a massagem cardíaca, pois a vítima pode estar em parada cardiorespiratoria. A corporação diz também que nunca se pode tocar na vítima sem os devidos cuidados: ao tocar numa pessoa que está sofrendo uma descarga elétrica, a energia pode ser transmitida e fazer com que o socorrista também seja eletrocutado.

A estudante Kátia Valéria, 19 anos, diz que não sabia que pode ser arriscado usar o celular ligado à rede elétrica. “Quando o celular está na tomada sempre recebo mensagem, dá vontade de entrar nas redes sociais e não resisto: uso mesmo carregando”, conta. Agora, ela garante que vai tomar mais cuidado. “É melhor esperar um pouco. Se for muito urgente, tirar da tomada para usar, porque é mais seguro”.
Publicado por: Wilker Muniz

Dois jovens são presos por aplicar golpes em postos de gasolina e embriagues ao volante no Cariri

Dois jovens em um carro vermelho Golf de placa OFD 8000 de Campina Grande foram presos na madrugada deste sábado (24) na cidade de Boa Vista.

Eles abastecerem seu veículo sem pagar a conta no Posto de Zé Bola em Sumé e seguiram com destino a Boa Vista, onde fizeram a mesma coisa no Posto da cidade.

Um deles, conhecido como Washington e o outro como Marcos Raia Júnior, também foram autuados por embriaguês ao volante. Eles foram presos por furto e embriaguês ao volante pela guarnição da cidade de Boa Vista.

Com Jacqueline Oliveira
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Municípios da PB podem ter o FPM suspenso por não informarem gastos

Dos 223 municípios da Paraíba, apenas quatro encaminharam para o Ministério da Saúde os dados referentes aos orçamentos públicos na área. O prazo se encerra no próximo dia 30.

Os municípios que alimentaram os dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde (Siops), até o momento, foram Bernardino Batista, Condado, São Domingos de Pombal e São Francisco.

As cidades que não deixarem de apresentar os dados serão notificadas e terão até o até 2 de março para fazer sem receber penalidades. Após esse prazo, os atrasados serão informados da não regularização pelo Banco do Brasil, entre os dias 3 e 9 de março. A partir do dia 10 de março, terão suspensas as transferências constitucionais voluntárias referentes ao 6.º bimestre do Siops.

A penalidade para aqueles que não apresentarem as informações ao Siops até o dia 2 de março é o bloqueio da conta do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) até que seja feita a regularização. No ano passado, 245 Municípios tiveram o FPM bloqueado pelo cumprimento da norma. A CNM explica que a obrigação é uma determinação da Lei Complementar 141/2012.

Com Blog do Gordinho
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Agente de saúde é morto com tiro pelas costas em bar no Sertão da PB

Um agente de saúde de 49 anos foi morto com um disparo de arma de fogo que acertou a região das costas na tarde deste sábado (24), por volta das 14h, no município de Catolé do Rocha, no Sertão, a 411 km de João Pessoa.

Segundo oficiais do 12º Batalhão da Polícia Militar, o crime ocorreu em uma região periférica, na saída para o município de Brejo dos Santos, na Rua Américo Hermenegildo Maia, situada no Loteamento São Paulo. O fato aconteceu em um bar recém inaugurado. Ninguém havia se pronunciado como testemunha e não se sabia ainda como o crime teria acontecido ou quem teria o cometido.

Testemunhas informaram que o homem assassinado era uma pessoa de bem, mas o filho da companheira dele havia sido assassinado no ano passado, em um local próximo, e seria suspeito de envolvimento em homicídios.

A PM informou que a vítima, que era uma pessoa relativamente conhecida em Catolé do Rocha, trabalhava levantando dados das famílias locais, principalmente no sítio Cajazeirinhas, onde residia, localizado a cerca de 10 km do centro da cidade. Ele coletava as informações e fazia avaliações, relatando as necessidades da população local à gestão da Saúde municipal.

O Serviço de Atendimento Médico de urgência ainda chegou a ser acionado, mas não pôde salvar a vida do homem. Peritos eram aguardados na cena criminal para que o corpo pudesse ser retirado.
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Derrotados nas urnas nas últimas eleições, deputados paraibanos revelam planos para o futuro

Derrotados nas últimas eleições do ano passado, alguns deputados estaduais que não terão mais acento na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) a partir do próximo dia 02 de fevereiro, revelaram nesta sexta-feira (23) seus planos para o futuro. Alguns estão indecisos sobre permanecer na vida pública, outros continuarão, mas um chama atenção por revelar o desejo em se transformar em jornalista.

Vituriano de Abreu (PSC), que é médico, disse que não pretende voltar à política, passando a atuar em hospitais de Cajazeiras e outras cidades da região. Aníbal Marcolino (PEN), também médico, disse que inicialmente vai voltar para a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), onde é concursado, mas não descartou disputar uma vaga na Câmara de Vereadores da Capital. Aníbal já foi vereador de João Pessoa, antes de se eleger deputado.

Ivaldo Morais (PMDB), também da área de saúde, afirmou que continuará na política, mas apenas na cidade de Alagoa Nova. Ele já tinha anunciado saída da vida pública, mas está inclinado a voltar atrás. Já Guilherme Almeida (PSC) é engenheiro civil e retornará para os quadros da Suplan, onde é funcionário de carreira.

Carlos Dunga, que já foi presidente da ALPB, deputado federal e senador, disse que “vai continuar com os amigos”, não deixando claro se abandonará ou não a política. Ele lembrou dos 24 anos de mandato na Assembleia, dois oito na Câmara Federal e da passagem pelo Senado.

A peemedebista Olenka Maranhão revelou que vive a expectativa de retorna a Casa de Epitácio Pessoa, uma vez que é primeira suplente da coligação do PMDB. Para ele, é natural este movimento do suplente assumir a titularidade na ALPB. “Continuo a militância política, dando a tenção as minhas bases, pois tive uma votação expressiva no último pleito, mesmo não tendo vencido as eleições. Tenho responsabilidade grande com os que votaram comigo”, afirmou.

Toinho do Sopão (PEN), fenômeno de voto na eleição estadual de 2010, sendo o deputado estadual mais votado da história da Paraíba, mas que não conseguiu se reeleger, revelou que vai aproveitar os próximo três meses para organizar a vida pessoa, em seguida, irá reativar uma ONG e alugar programa de rádio “para a prática da solidariedade, só para os que praticam caridade”.

Com MaisPB

Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Medidas de ajuste fiscal equivalem a 93% da meta de superávit primário

As dificuldades de o governo conseguir aumentar o esforço fiscal em um ano de crise estão se dissipando. As medidas de ajuste divulgadas pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, equivalem a quase toda a meta de superávit primário prevista para a União em 2015. Segundo levantamento da Agência Brasil, o corte de gastos públicos e o aumento de tributos anunciados até agora gerarão economia de R$ 51,4 bilhões em 2015.

A meta de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida pública – do Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) totaliza R$ 55,3 bilhões neste ano, 1% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país). O ajuste fiscal, portanto, equivale a 93% da meta estipulada.

A maior parte do ajuste vem do corte de gastos, que somam R$ 30,8 bilhões. Desse total, R$ 18 bilhões correspondem às restrições ao seguro-desemprego, à pensão por morte e ao seguro-defeso (que cobre o período de inatividade de pescadores). Outros R$ 9 bilhões vêm da suspensão dos repasses do Tesouro Nacional à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), fundo que subsidia as tarifas de energia.

O governo economizará mais R$ 3,8 bilhões provenientes da limitação dos gastos mensais não obrigatórios a um dezoito avos da verba gasta em 2014. A estimativa leva em consideração que o Orçamento Geral da União para 2015 seja aprovado pelo Congresso Nacional em fevereiro. Caso a votação atrase, o governo federal poupará R$ 1,9 bilhão adicionais por mês, de acordo com o Ministério do Planejamento.

Os aumentos de tributos completam o ajuste fiscal, com arrecadação esperada de R$ 20,6 bilhões. Do montante, a maior parte, R$ 12,2 bilhões, virá do aumento dos tributos sobre os combustíveis. Haverá ainda R$ 7,4 bilhões referentes ao reajuste do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para o crédito a pessoas físicas; R$ 700 milhões da elevação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) sobre produtos importados e R$ 381 milhões do novo modelo de cobrança do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na cadeia de cosméticos.

Para alcançar a meta de R$ 55,3 bilhões de superávit para o Governo Central, a equipe econômica pode cortar investimentos ou contar com o atraso na aprovação do orçamento. O governo precisa ainda da aprovação do Congresso Nacional de pontos que dependem de medida provisória: o corte no seguro-desemprego e na pensão por morte e o aumento do PIS/Cofins dos importados.

A meta de superávit primário para o setor público consolidado – que acrescenta estados e municípios – chega a R$ 66,3 bilhões (1,2% do PIB). Dessa forma, as prefeituras e os governos estaduais precisarão economizar R$ 11 bilhões em 2015. As estatais federais não são obrigadas a fazer esforço fiscal, mas não podem registrar déficit primário.

Com Agência Brasil
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Deputado acusa Galdino de perseguição e desrespeito

O deputado estadual diplomado Renato Gadelha (PSC) divulgou uma nota no final da manhã deste sábado (24) para rebater as críticas do colega de Parlamento, Adriano Galdino (PSB), candidato a presidente da Assembleia Legislativa. O parlamentar acusa o socialista de perseguição e desrespeito ao regimento interno da Casa.

Renato Gadelha também questionou Adriano Galdino sobre o interesse dele em tentar uma manobra para realizar eleição casada para a Mesa Diretora. “Pergunto ao deputado Adriano Galdino o que de excepcional, de tamanha importância, capaz de modificar a vida dos paraibanos e do Poder Legislativo está escondido nesta manobra, injusta, aética e ilegal? Ou serão apenas casuísmos com fins eleitoreiros?”, indagou.

Confira a nota na íntegra:

Em resposta à matérias veiculadas pela imprensa sobre a eleição da mesa diretora da Assembleia Legislativa, devo contestar afirmações equivocadas do deputado Adriano Galdino sobre o meu comportamento neste pleito.

Lamento que o candidato Adriano Galdino só tenha apresentado um projeto que é o de desrespeitar o Regimento Interno da Casa e a Constituição Estadual. Agora, apresenta uma nova proposta: perseguir um colega e se tornar seu algoz. E por quê? Eu, Renato Gadelha, defendo apenas o que está escrito no Regimento e na Constituição Estadual. Desejo, tão somente, a manutenção das eleições para os dois biênios em datas distintas, conforme os textos que as definem.

Pergunto ao deputado Adriano Galdino o que de excepcional, de tamanha importância, capaz de modificar a vida dos paraibanos e do Poder Legislativo está escondido nesta manobra, injusta, aética e ilegal? Ou serão apenas casuísmos com fins eleitoreiros?

Quanto à soberania da maioria dos membros da Assembleia, jamais discordei. Até porque, foi esta maioria de forma unânime que redigiu o Regimento Interno e a Constituição Estadual, que no momento defendo e que defenderei sempre.

Devo, ainda, lembrar que os textos constitucionais, regimentais, contratuais ou de quaisquer natureza existem para defender os direitos das minorias e maiorias, independentemente de quem esteja em uma das duas situações. Sem o Estado de Direito viveríamos o caos institucional. Renego “aprender o errado”, pois durante toda a minha vida aprendi a fazer o certo e o bem.

Com os colegas da Assembleia Legislativa aprenderei muito e desde já agradeço a solidariedade a minha postura. Quanto a fazer “engolir” as palavras e a “ensinar” coisas ilegais, eu rejeito tal lição. Com este professor de coisas erradas eu nem me matriculo.

RENATO GADELHA (PSC)
Com Blog do Gordinho
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Pai de radialista teria sido morto por próprio filho

Imagem assessoria
Sebastião Ferreira de Sousa, de 65 anos, pai do radialista Argemiro Duarte (Bafuril), teria sido assassinado pelo próprio filho, identificado como Noel, na madrugada deste sábado (24), em Cajazeiras.

O irmão da vítima informou ao portal Diário do Sertão que Noel teria agredido o pai com socos e empurrões. “Ele bateu no pai, logo depois o pai dele caiu e bateu a cabeça no chão, o filho fugiu”, relatou.

O neto da vítima acionou o Corpo de Bombeiros que ainda chegou a socorrer a vítima para o Hospital Regional de Cajazeiras, mas ele não resistiu e faleceu minutos depois de receber atendimento médico.

O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Patos.
Publicado por: Wilker Muniz

São Paulo só tem água para cinco meses

Em reunião nesta sexta-feira em Brasília, integrantes do governo federal traçaram um panorama para a crise hídrica em São Paulo, notícia o jornal Folha de São Paulo.

Uma das possibilidades é que os reservatórios paulistas sequem em cinco meses. Outra previsão, mais otimista, é que o colapso aconteça em setembro.

As previsões são baseadas em um quadro em que não haja medidas drásticas do Estado, conforme o jornal.
Publicado por: Wilker Muniz

No Cariri: Suspeito de matar o próprio irmão se entrega a Polícia

O suspeito de cometer um homicídio no dia 19 de novembro de 2015, no Bairro do Mutirão, município de Monteiro, foi detido esta semana pela Polícia Civil de Monteiro. A prisão foi realizada após o suspeito se apresentar na Delegacia Regional de Polícia acompanhado de seu advogado.

A justiça já havia expedido o mandado de prisão do jovem de iniciais R.L.A., acusado de ter assassinado com vários disparos de arma de fogo, o próprio irmão, o mototaxista Rozenilson Lopes dos Santos. O suspeito foi recolhido na Cadeia Pública de Monteiro, ficando a disposição do Poder Judiciário.

ENTENDA O CASO:

O mototaxista Rozenilson Lopes dos Santos, mais conhecido por Nilsinho, de idade não revelada, foi assassinado com seis tiros de revólver no final da manhã do dia 19 de novembro de 2014, quando chegava a sua residência no conjunto Mutirão, em Monteiro.

Segundo informações de populares que presenciaram o crime, um homem se aproximou em uma moto e efetuou os disparos, fugindo com destino ignorado.

Uma unidade do SAMU ainda foi acionada, mas, o mototaxista já tinha ido a óbito no local do crime.

O crime teria sido motivado por uma briga familiar, entre irmãos, pela posse de um terreno de herança.

De acordo com informações, o mototaxista teria ganhando um terreno como herança, o que teria deixado um dos seus irmãos insatisfeito. A vítima e um dos seus irmãos haviam discutido durante a manhã, do dia do crime.

O mototaxista teria saído para realizar uma “corrida” com um cliente, e ao retornar, teria sido surpreendido na porta de casa pelo irmão, que efetuou cerca de seis disparos de arma de fogo, e fugiu em seguida com destino ignorado.
Publicado por: Wilker Muniz
Tag :

Fan page

+Cariri em Foco

Copyright Cariri em Foco. Todos os direitos reservados - O site que agrega as principais notícias do Cariri paraibano.